O Rapaz de Olhos Azuis de Joanne Harris 
ISBN: 9789892310008
Título Original: Blueeyedboy
Edição: 09-2010
Editor: Edições Asa
Idioma: Português
Género: Romance
Páginas: 432
Compre 
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,26✯ (aqui)

Sinopse

O Rapaz de Olhos Azuis da Joanne Harris

Ele conhece-a há uma eternidade e, contudo, ela nunca o viu. É como se fosse invisível para a mulher que ama. Mas ele vê-a a ela: o cabelo; a boca; o rosto pequeno e pálido; o casaco vermelho-vivo na neblina matinal, como algo saído de um conto de fadas.

Até agora, ele nunca se apaixonou. Assusta-o um pouco: a intensidade dessa emoção, a maneira como o rosto dela se intromete nos seus pensamentos, a maneira como os seus dedos traçam o nome dela, a maneira como tudo, de algum modo, conspira para que ela nunca lhe saia da cabeça…

Ela não sabe de nada, claro. Tem um ar muito inocente, com o seu casaco vermelho e o seu cesto. Mas por vezes os maus não se vestem de preto e por vezes uma menina perdida na floresta é bem capaz de fazer frente ao lobo mau…

A Minha Opinião

Outro livro da Joanne Harris, admito que dei uma oportunidade a este devido à boa experiência que tive com a Maligna , e porque não arriscar noutro livro dela? A sinopse e a capa chamavam à atenção, e o booktrailer que vi na internet também deixava-me de água no bico.

Este livro é especial, primeiro é nos contado uma história de 3 irmãos que era diferenciados por cores onde Benjamim é azul, Nigel é preto e Brendan castanho, e de como a mãe não se tinha apercebido da força das cores. A história é nos apresentada por Benjamim, um quarentão que vive com a mãe viúva, ele é o que chamam de sinestésico, ou seja, para ele as palavras têm uma cor, cheiro e até por vezes sabor. Isto fez com que ele visse o mundo de maneira diferente e teve um impacto negativo na sua infância, contribuindo para que se tornasse num adulto socialmente inadaptado, sem amigos e com uma relação com a mãe esquisita (não encontrei palavra melhor), ele tem medo, ódio e ao mesmo tempo uma dependência dela.

É escrito num estilo diferente (a Joanne Harris consegue sempre inovar), é nos apresentado num estilo de blogue, o webjournal. Assim a personagem principal, o blueeyedboy criou um grupo denominado badguysrocks, onde publica as suas histórias. As histórias dele são macabras, normalmente de homicídios que ele cometeu, que supostamente todas pessoas que fazem de uma forma ou de outra, que fazem parte do seu passado e do da sua família, os dois irmãos e até da mãe.

Uma das coisas que mais gostei nesta história é a forma como a autora aborda um assunto que está na ordem do dia, a internet. Nem todos são o que dão a parecer, existem muitas mentiras, falsidades, e o quanto isso pode ser perigoso. Revela um lado negro da internet, o do crime, romance, jogos psicológicos e até humor negro.

O que mais me surpreendeu foi o final (sem querer dar spoiler), não estava à espera, de nada mesmo. A autora deixo-me de queixo caído, depois de tantas páginas perceber que nem tudo o que lera era verdade, faz pensar ainda mais no que lemos na internet.

De uma maneira geral gostei bastante do livro, o estilo de escrita do blogue é algo com que me identifico, e faz com que pareça que estejamos a ler um diário. É um livro que recomendo!

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Edições Pelo Mundo Fora

Opinião de Outros Livros da Autora

Nota: Ao clicar nesta imagem será dirigido para as diversas opiniões de outros livros da autora. Estará sempre atualizado, fazendo com que possa haver mais livros do que os que aparecem na imagem.

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

26 Comments

  1. Um livro com boa história. Abordar a internet em livros é sempre um desafio, apesar de ser um assunto fácil, precisa ser bem escrito.
    Iria me incomodar um pouco com um dos personagens, Nigel… mas enfim, nada que iria tirar o brilho da história.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

  2. nao conhecia o livro mais gostei dele e do tema vou deixar anotado aki
    tambem n conhecia seu blog mais adorei conhecer sucesso

  3. Oiii tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro e achei a sinopse de cara bastante interessante e envolvente, traz aquele suspense que nos permite querer mais e mais, ótima postagem.
    Beijinhos

  4. Oi tudo bem
    Gostei do livro a capa e linda.
    Parece ser uma história com bastante suspense que acaba por envolver o leitor .
    Acho que deu para perceber que não foi tudo isso para você que teve alguns problemas mais mesmo assim fiquei com vontade ler.

  5. Não conhecia o livro e confesso que depois de ler a sinopse não pensei que fosse falar sobre problemas mais sérios. Vou deixar esta dica anotada.
    Bjs, Rose.

  6. Olá, não é bem um gênero que costumo ler, mas gostei da ideia da autora, o enredo ficou bem criativo. Acho que daria uma chance a leitura. BJs

  7. Olá, nossa que interessante, realmente a forma com que a autora narra é inovadora, nunca li nada assim como um website, e sim concordo a internet é um tema muito importante. Parece ser uma leitura muito agradável no qual me interessou demais.
    Parabéns.

  8. Olá, tudo bem?
    Gostei da premissa, acho que daria uma chance a obra, mesmo não sendo um gênero que me agrada. Um beijo.

  9. Oi tudo bem,
    Não conhecia o livro, acho que não foi publicado no Brasil,
    mas gostei muito da premissa e a sua resenha aguçou a minha curiosidade,
    espero que o publiquem aqui em breve.
    beijos

  10. Oiii tudo bem?
    Eu realmente não conhecia essa história e nem o livro, além disso eu adoraria realizar a leitura do mesmo, pois despertou muito meu interesse, sua resenha ficou ótimo e só me instigou.
    Beijinhos

  11. Olá!
    Não conhecia essa livro, mas fiquei contente em conhecer mais através de sua resenha. Me parece uma obra além de informativa bem reflexiva. Principalmente pelo momento virtual que vivemos.
    Espero que a obra possa vir pra cá e assim conhecermos mais.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

  12. Olá!
    Confesso que não conheço a escritora e o livro não me chamou a atenção. Mas gostei do tema que ela abordou. Somos influenciados a achar que tudo que está na internet é real e quando vemos uma pessoa se dando bem em algo ou com uma vida de glamour acabamos querendo ter o mesmo que ela.
    Gostei muito da forma que você descreveu o livro.
    Beijinhos!

  13. Olá!

    Não conhecia o livro, mas sempre procuro livros onde blogs e internet são abordados. Muito interessante como você falou da obra, tomara que chegue no Brasil.

  14. Olá!
    Não conhecia o livro e nem a autora, ao menos, não me vem à memória outra obra dela. Lendo sua resenha, achei a história diferente, só pela capa, que gostei, não esperava algo tão diferente e convidativo.

  15. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o livro, apesar de ter achado a estória diferente o enredo não me atraiu.
    Vou passar a dica.
    Beijos.

  16. Eu não conhecia o livro e a premissa até me pareceu ser interessante, mas não fiquei curiosa para realizar a leitura. Gostei da sua resenha e de conhecer o livro, talvez eu o leia em algum momento.

  17. Olá, tudo bem?

    Eu particularmente não conhecia o livro e a autora. Achei a premissa original e interessante, mas não o suficiente ao ponto de realizar a leitura. Gostei da sua resenha, curta e objetiva. Parabéns!

  18. O que mais achei interessante é que esse tipo de protagonista, pelo menos à primeira vista, existe, mesmo que em número reduzido, e como você mesmo mencionou, nem tudo é como imaginamos. Fiquei curiosa com o título, mas um pouco confusa com essa mulher de vermelho e todo essas surpresas finais que você mencionou. Enfim, li um pouco mais sobre a autora e vi que ela escreve sobre gêneros e em formas diferentes… Senti falta de uma justificação para sua nota 3,5 de 5 estrelas, mas sei que não pode dar spoiller… Buáááá… Beijos

    Nara Dias
    http://www.viagensdepapel.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial