Enquanto Estiveres Aí de Marc Levy
(Et si c’était vrai #1)
Título Original: Et si c’était vrai…
ISBN: 9789722326902
Edição ou reimpressão: 05-2002
Editor: Editorial Presença
Páginas: 190
Género: Romance, Fantasia
Compre
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,67✮ (Aqui)

Sinopse

Arthur, um jovem arquitecto californiano, acaba de alugar uma nova casa em São Francisco. Os objectos ainda empacotados encontram-se empilhados pelo chão. Decide preparar um banho relaxante enquanto é embalado pelas doces melodias de Peggy Lee.

Subitamente Arthur começa a ouvir o som do estalar de dedos a acompanhar a música da rádio. “Não pode ser verdade…é do cansaço” pensa Arthur, contudo o som continua e aumenta, cada vez mais claro e distinto. Segue o som até ao armário da casa-de-banho. Ao abrir a porta depara-se com uma mulher sentada que continua a estalar os dedos ao som da música. Confuso, Arthur pensa tratar-se de uma partida do seu amigo Paul e pede à mulher para deixar a sua casa. Espantada e ainda mais confusa que Arthur, ela pergunta-lhe “Está a ver-me?”. Lauren conta-lhe então uma história inverossímil: médica de profissão era a anterior inquilina daquele apartamento quando sofreu um acidente de automóvel.

Seis meses ainda se encontrava em coma no hospital onde costumava trabalhar. Durante todo esse tempo o seu espírito vagueou pelo seu apartamento, que agora a sua mãe, já com poucas esperanças de uma recuperação, tinha arrendado a Arthur. Era tudo demasiado estranho, mas…e se fosse verdade? Com base neste enredo nasce uma história de amor forte, delicada e comovente, cheia de situações de um humor desconcertante, e um imenso potencial para ser transformado em imagens.

A Minha Opinião

A principal razão para querer ler este livro, foi ter sido a inspiração para um filme que eu gostei bastante, apesar de já não me lembrar bem da história. Andei muito tempo à procura do livro livro, mas descobri que em Portugal ele tem dois nomes, sendo a edição que está disponível nas livrarias, editado pela Contraponto, tem o nome do filme “E se Fosse Verdade”. Claro que isto dificultou a minha procura.

Mas vamos então à história. O livro inicia-se com um acidente de viação de Laren, na sua velha carrinha que a mete em coma, contudo é um caso clínico que ninguém compreende, o coração funciona, mas o cérebro não, é como se ela fosse um vegetal. Lauren é uma interna no hospital, onde depois vai parar, ao nível da cirurgia, e é uma das melhores alunas.

Passados 6 meses, Arthur que se mudou à pouco tempo para a sua nova casa, a antiga casa de Lauren, vê uma mulher no seu armário, se inicialmente pensava que era uma brincadeira do seu sócio, acaba por perceber que se trata de um fantasma, o de Lauren. À sua volta todos pensam que está louco, afinal fala sozinho, abraça pessoas invisíveis, o amigo até o leva a um psiquiatra. Habituando-se à companhia de Lauren, Arthur fica em pânico quando os médicos conseguem convencer a mãe desta a desligar as máquinas, e então engendra um plano para os impedir de avançar com a ideia.

Isto não é um livro para pessoas cépticas. Até que ponto pode ser verdade? Quase nenhum, mas não deixa de ser uma história bonita, mesmo que curta ao nível de páginas, mas com muitas descrições do meio envolvente e do ambiente médico. O que mostra investigação, mas também para quem não percebe nada daquilo, acaba por se tornar um bocado aborrecido.

Apesar de eu não me lembrar bem do filme, tenho a impressão que no filme divergiram do livro, como é costume, porque no filme ela não tem memória coisa que no livro não acontece, ela lembra-se de tudo, de quem são as pessoas, e do que se passa com ela. E na minha opinião só isso faz com que os formatos sigam direções opostas, além dos nomes das personagens serem diferentes.

Mas regressando ao livro, houveram coisas que não me convenceram, certas cenas que eu tento imaginar para quem pudesse estar a observar, seria estranho acho.

Contudo, acabei por gostar do livro, foi uma leitura interessante, de um autor que eu não conhecia, não leio muita literatura francesa, gostei da escrita dele, por mais que tivesse descrições extensivas, e para quem gosta de livros com fantasmas, e meios sobrenaturais, mas ainda assim na terra, aconselho que leiam.

Infelizmente o livro acaba com um final aberto, pois há um segundo, que pouco foi falado em Portugal. Eu já andei à procura, e é bastante complicado de encontrar, porque só há versão de bolso. Sinceramente não percebo o porquê de dois livros, conseguiam enfiar tudo no mesmo, mas enfim…

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Outras Edições pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial