Perto de Casa de Cara Hunter 
(DI Adam Fawley #1)
Título Original: Close To Home
ISBN: 978-972-0-03131-0
Edição ou reimpressão: 09-2018
Editor: Porto Editora
Páginas: 320
Género: Policial e Thriller
Compre
Wook
Bertrand
Goodreads: 4,04✮ (aqui)

Sinopse

Como pode uma criança desaparecer sem deixar rasto?

A noite passada, Daisy Mason de oito anos, desapareceu enquanto decorria uma festa de família. Ninguém viu, ouviu ou percebeu o que quer que fosse, ou pelo menos, é o que todos dizem.

O Inspetor Adam Fowley está a tentar manter o espírito aberto, mas ele sabe que nove em dez vezes, o responsável é alguém que a vítima conhece muito bem.

Alguém está a mentir. E o tempo está a esgotar-se.

Críticas da Imprensa

“Perto de Casa é um thriller absolutamente envolvente que coloca os leitores no coração de uma busca desesperada por uma criança desaparecida. Compulsivo, com um final impossível de prever.”
Emma Kavanagh, escritora best-seller

“Perto de Casa é um policial de ritmo avassalador com mais reviravoltas do que uma montanha russa”
Judy, Richard and Judy Book Club

“Hunter faz um trabalho magistral ao construir um clima de tensão e a manter o leitor a conjeturar até ao fim do livro”
Publishers Weekly

Sobre a Autora

Cara Hunter é uma escritora que vive em Oxford, numa rua não muito diferente das que são descritas nos seus thrillers. Perto de Casa é a estreia de uma série protagonizada pelo detetive Adam Fawley.

A Minha Opinião

Eu estava ansiosa por ler este livro, por um lado a sinopse é bastante interessante e por outro, tenho ouvido excelentes opiniões sobre o livro de bloggers e booktubers.

O livro conta-nos a história de um desaparecimento de uma criança de 8 anos durante uma festa temática em sua casa. O inspetor que fica com o caso é Adam Fowley, um dos melhores da polícia de Londres, e que desde do inicio ele diz que em quase todos os casos deste género quem leva as crianças é alguém que todos conhecem e próximo dela. Durante toda o livro há avanços e recuos no caso, porque existem coisas que não batem certo, e muitas mentiras vêm ao de cima, mas a pergunta é: O que realmente aconteceu à Daisy? 

Uma das coisas que gostei no livro foi a interatividade entre a investigação, e o mundo exterior, ou seja os inspetores de bancada. Que no Twitter e numa página de Facebook de apoio expõe as suas opiniões quanto ao que se vai passando e sobre quem é realmente o criminoso. Além disso há também notícias, e os relatórios dos interrogatórios feitos pela polícia aos suspeitos, o que cria uma ligação com o leitor. 

Quanto às personagens, para mim logo desde de inicio percebi que algo não batia certo naquela família, mas está a anos luz do que realmente se passava dentro daquelas paredes. Contudo a Daisy, por mais bonitinha que parecesse e perfeitinha, na minha opinião era uma peste com a mania que sabia tudo… 

Durante toda a história vai sempre havendo twist, um trás do outro, do modo que eu tinha lido 40 páginas num dia, e acabei com o livro no dia seguinte, porque eu fiquei viciada na leitura, e só queria saber quem tinha sido, e o final não é nada, mas mesmo nada previsível, eu não chegava lá, e olhem que por norma eu acerto no criminoso! Mas sem dúvida que o final é surpreendente!

Depois de todos os elogios, falta referir que percebe-se que houve um trabalho de pesquisa da autora quanto aos procedimentos da polícia, para que ficasse tudo o mais perto possível do que acontece na realidade, o que é sempre muito interessante, e só acrescenta valor ao livro. 

Obviamente para quem gosta de thrillers aconselho este livro, vão deliciar-se com a leitura!

A Minha Classificação

Rating: 5 out of 5.

Leitura com o apoio

Outras Edições Pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial