Ninguém Viu da Mari Jungstedt 
(Anders Knutas #1)
Título Original: Den du inte ser
ISBN: 9789896660550
Edição ou reimpressão: 10-2010
Editor: Edições Contraponto
Páginas: 216
Género: Thriller, Policial
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,59✮ (aqui)

Sinopse

A temporada turística da aparentemente tranquila ilha de Gotland está no auge quando uma jovem e o seu cão aparecem brutalmente assassinados. Uma discussão motivada por ciúmes entre a jovem Helena e o marido, na noite anterior ao crime, faz dele o principal suspeito. Mas passados dias aparece Frida – uma antiga companheira de escola de Helena – assassinada nas mesmas circunstâncias.

Daqui em diante o pânico toma conta dos turistas e da pacífica ilha. Sob a pressão dos políticos locais, que temem os efeitos de um assassino em série a assombrar a temporada estival, o Inspector Knutas (com a nem sempre desejada ajuda do jornalista Johan Berg) descobre a trágica história que une as duas vítimas e que só pode significar novas mortes.

Críticas da Imprensa

“Uma autora que controla magistralmente a trama e o ritmo, transmitindo na perfeição um ambiente gélido de suspense e criando personagens totalmente credíveis.”
The Times 

“Quem há que seguir aqui é Anders Knutas, um inspector ao jeito provinciano-intuitivo, com reminiscências do famoso comissário francês Adamsberg (de Fred Vargas) e ao estilo de outra bem conhecida figura da ficção policial, Maigret.”
Booklist 

“Um romance de estreia notável”.
Der Spiegel 

“Jungstedt possui um estilo objectivo e frio que faz lembrar Henning Mankell.”
Metro

Sobre a autora

Mari Jungstedt é jornalista e trabalhou catorze anos na rádio e na televisão. Iniciou-se no mundo da literatura em 2006, mas é já considerada uma das mais populares e empolgantes autoras de ficção de crime. Ninguém Viu é o primeiro livro de uma série que tem como cenário a ilha de Gotland, na Suécia. Actualmente é em Estocolmo que Mari vive com o marido e os dois filhos.

A Minha Opinião

Eu nunca tinha ouvido falar neste livro, nem da autora, mas estava a passar na biblioteca na estante de Literatura Nórdica, e o livro chamou-me à atenção, pelo nome, que indicava ser thriller, e por ser fininho, e eu pensei «Eu não tenho nada a perder, vamos levar e ver no que dá». O facto de ser pequeno e de ser um Thriller pode levar a pensar que tudo se desenvolve muito rapidamente, mas não, nada disso.

O Livro inicia-se com um jantar de amigos, em casa de Helena, e tudo parece correr bem, até ela estar a dançar mais um amigo e o marido passasse e bate nele, e também nela. No dia seguinte, ainda sem se falarem, Helena sai para passear o cão, e é atraída na praia por algo ou alguém, e acaba encontrada morta na praia por um senhor que passeava à beira mar. Sendo Gotland uma ilha pertencente ao arquipélago com o mesmo nome, que faz parte da Suécia, é um lugar tradicionalmente calmo e sem grandes situações deste género. 

A polícia local, liderada por Anders Knutas, tenta encontrar o assassino, mas entretanto este faz mais vítimas, Frida, e sabe-se que é o mesmo porque o modo de operar é o mesmo, as vítimas são encontradas com as suas próprias cuecas na boca. Além de tudo isto, ainda existe o jornalista criminal Johan Berg, que vem de Estocolmo para noticiar caso, mas ele gosta de meter o nariz nas investigações e não se limita a relatar os factos. 

Como eu disse inicialmente, há tendência para pensar que o livro pequeno é rápido, mas não é o caso deste. Tem uma escrita densa, pormenorizada, e no meu caso específico nem é uma coisa que me agrade muito, mas não me chateou nesta história, porque eram precisas todas as pistas, para desvendar o caso. Não é óbvio a pessoa que anda a fazer estas barbaridades, e para mim foi um ponto positivo, porque apesar de haver vários suspeitos, não se adivinha logo. 

Ao longo de toda trama, em que os capítulos estão divididos por dias, o que nos permite ter uma noção do tempo que passa na investigação, a autora intercala memórias de uma pessoa que podemos ver que foi que sofreu bastante, tanto na escola como em casa, mas não se percebe de quem se trata até certo ponto da história. 

Quanto às personagens, gostei do inspector Knutas, um homem ponderado, mas depois com a evolução do caso, vêm polícias de Estocolmo, que pensam que por serem da capital sabem mais que os outros, e acho que foi por isso que houveram falhas na investigação. Nomeadamente na ligação entre as vítimas, que na minha opinião devia ter sido melhor trabalhada pela equipa, porque para polícias parece-me pouco credível que não arranjassem certas informações. 

Em suma, foi um livro que me surpreendeu, e que infelizmente não é muito conhecido nem falado, mas também não é um livro recente, e hoje em dia, vivemos muito das novidades e já pouco se liga a livros mais antigos. 

Mas para quem gosta de thrillers eu aconselho este livro, vai gostar, é um crime um pouco macabro, com machados, e nota-se que são mortes frias e calculadas. E também baratinho, vi que estava a 5€ nas lojas de compra habitual como a wook e bertrand, porque é descatalogado. E agora o meu objetivo é arranjar o próximo da série que é o último traduzido em Portugal. 

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Outras Edições Pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

1 Comment

  1. Não conhecia o livro mas parece-me bem interessante! Achei piada a esta frase "mas também não é um livro recente, e hoje em dia, vivemos muito das novidades e já pouco se liga a livros mais antigos.". Ainda no outro dia estava num grupo de bloggers e falaram que livros de 2010 eram velhos e não queriam ler… Ok 2010 foi há 9 anos, mas até nos clássicos que geralmente livros mais antigos encontramos histórias incríveis e, fora os clássicos, podemos encontrar livros tão bons publicados há mais de 2 anos… Parece que agora tudo gira à volta do que pode trazer mais visualizações só por ser recente e isso entristece-me… Achei muito bem teres trazido este porque eu não o conhecia e parece ter uma história envolvente, o género de livros que me atrai!

    Bom trabalho! Beijinhos, Brenda
    https://momentosdeataraxia.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial