Coração Selvagem de Elizabeth Hoyt 
(A Lenda dos Quatro Soldados #4)
Título Original: To Desire a Devil
ISBN: 9789897261664
Edição ou reimpressão: 02-2015
Editor: Quinta Essência
Páginas: 360
Género: Romance, Romance de Época
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,81✯ (aqui)

Sinopse

Reynaud St. Aubyn passou os últimos sete anos num cativeiro infernal. Agora meio louco com febre, surge de repente no seu lar ancestral e exige o que lhe é devido. Pode este homem de aparência selvagem ser realmente o último herdeiro do conde, julgado morto por índios anos atrás?

Beatrice Corning, sobrinha do atual conde, é uma boa jovem inglesa. Mas tem um segredo: nenhum homem em carne e osso a excitou mais do que o belo jovem do quadro pendurado em casa do tio. De repente, esse mesmo homem está ali, em carne e osso… e a atraí-la para a sua cama.

Apenas Beatrice consegue ver o homem nobre dentro do aspeto selvagem de Reynaud. Reynaud sente-se atraído por aquela jovem encantadora, embora desconfie da lealdade dela. Mas poderá o amor de Beatrice domar um homem que não se deterá diante de nada para recuperar o seu título… mesmo que isso signifique sacrificar a inocência dela?

Sobre a Autora

Elizabeth Hoyt nasceu em Nova Orleães, onde a família da mãe vive há várias gerações, mas foi criada nos invernos gélidos de St. Paul, Minnesota. Quando era pequena, a família viajou muito na Grã-Bretanha, passando um verão em St. Andrews, na Escócia, e um ano em Oxford. Tem uma licenciatura em Antropologia pela Universidade de Wisconsin, Madison. Wisconsin foi também o local onde conheceu o marido, arqueólogo – numa escavação num campo de milho – e vivem no centro do Illinois, com os seus dois filhos, três cães e um jardim que ela cuida com entusiasmo. A família Hoyt gosta de fazer férias que acabem invariavelmente em sítios arqueológicos.

A Minha Opinião

Raramente trago livros da biblioteca que tinha pensado anteriormente. Por norma deixo-me levar pela emoção de estar num local cheio de livros onde posso levar deles para casa e ler sem pagar, e pego no que me chama à atenção, e este foi um desses casos.

Só posteriormente a requisitá-lo é que percebi que fazia parte de uma série, mas não há qualquer mal em ler fora de ordem, porque na realidade só se fica a saber o final dos outros livros, mas neste género de literatura sabe-se sempre como vai acabar os livros, uma pessoa lê pela história.

Este livro conta a história de Reynaud, um homem que foi soldado na Guerra nas colónias (atual Estados Unidos da América) e que devido a uma emboscada passou 7 anos em cativeiro numa tribo de índios onde passou horrores. Felizmente conseguiu fugir e regressou a Inglaterra, onde descobre que o seu pai morreu, e que o seu título está a ser usado por outro homem, um parente afastado, pois não havia mais herdeiros, e o seu objetivo passa a ser conseguir tudo o que perdeu de volta, mas a sobrinha do atual conde, Beatrice, a única pessoa na propriedade que o trata bem, o atrai, só que apesar de até gostar dela, primeiro nas suas prioridades está recuperar tudo o que perdeu.

Eu gostei muito do livro, as personagens são muito interessantes. Temos o Reynaud, que sofreu horrores na América, e vemos a forma como o mudou, como o tornou frio, sem pensar em ninguém, depois a Beatrice, que se apaixonou por ele através do grande retrato que há na casa, mas que apesar de acreditar no amor não é nenhuma tontinha, e talvez por isso não teve muitas propostas de casamento, quase nenhuma, por ser direta, e também inteligente. Interessa-se por política, mesmo que naquela altura não fosse aceite a opinião das mulheres, elas não passavam de um objeto que servia para dar herdeiros. Há também a questão da separação de um casal, que não é bem aceite pela sociedade, pois uma mulher voltar para casa dos pais é desonra.

Esta história além de nos trazer um romance muito suave, em alguns pontos até erótico, é mais do que um romance, traz-nos os efeitos da guerra, e como isso afeta não só os que vão, mas também os que esperam que eles cheguem, e como os soldados que vêm feridos muitas vezes são postos de parte, como que estivessem mortos, e deixam de ser importantes.

Recomendo este livro a quem gosta de romances de época com histórias fortes e que nos fazem pensar. Porque apesar de já ter passado muito tempo, há questões que ainda se mantém hoje em dia, sendo transversais à história. 

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Outras Edições Pelo Mundo Fora

Opinião de Outros Livros da Série

Nota: Ao clicar nesta imagem será dirigido para as diversas opiniões de outros livros da autora. Estará sempre atualizado, fazendo com que possa haver mais livros do que os que aparecem na imagem. Para ver todos os livros da Autora com opinião no blogue carregue aqui.

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui

Please follow and like us:

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial