Dominada da K. Bromberg 
(Driven #1)
Título Original: Driven
ISBN: 9789898626493
Edição ou reimpressão: 07-2014
Editor: TopSeller
Páginas: 352
Género: Literatura Erótica; Romance; YA
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 4,30✰ (aqui)

Sinopse

Guiados pelo destino, incitados pelo desejo. Embateram no amor numa corrida sem tréguas.

Rylee Thomas sempre teve a sua vida sob controlo. Até conhecer um homem que a deixou completamente rendida. E descobrir como pode ser tão bom deixar-se dominar…

Num mundo cheio de mulheres fáceis e disponíveis, eu sou um desafio para o soberbo, e incrivelmente belo, Colton Donavan. Um homem habituado a fazer exatamente o que quer em todos os aspetos da sua vida. Ele é o bad boy imprudente que pisa constantemente o risco, dentro e fora da pista de corrida.

Colton surgiu na minha vida como um furacão: destruiu a minha sensação de controlo e testou as minhas fraquezas e limites. Ele dilacerou o mundo disciplinado e previsível que eu cuidadosamente reconstruíra.

E, por tudo isso, eu não posso dar-lhe o que ele quer, e ele não pode oferecer-me aquilo de que preciso. Mas como posso virar-lhe as costas depois de ter descoberto que, por entre o fascínio que o rodeia, ele possui uma alma atormentada e esconde os mais negros segredos?

A nossa química é inegável. A nossa necessidade de controlo é irrefutável. Mas quando os nossos mundos colidem, será o desejo o suficiente para nos juntar? Ou será que os segredos que guardamos vão acabar por nos afastar?

Sobre a Autora

K. Bromberg é uma autora bestseller do New York Times e do USA Today. Os seus livros, além de serem êxitos sucessivos de vendas, têm recebido as melhores críticas de leitores em todo o mundo.

Dominada é o primeiro livro de uma trilogia de sucesso que está permanentemente no top 10 dos mais vendidos na Amazon. K. Bromberg vive no sul da Califórnia com o marido e os seus três filhos.

A Minha Opinião

Tirei este da prateleira de Literatura Erótica da Biblioteca. Não sabia muita coisa sobre ele, mas também já é o normal nos livros que trago da biblioteca. Quando vi a sinopse, só olhei para badboy, peguei nele e trouxe-o.

O livro é contado sob a perspectiva de Rylee, uma rapariga que trabalha numa organização que acolhe crianças e jovens que são retirados aos pais. Num evento de beneficência para angariar dinheiro para aumentar as instalações, Rylee vai à procura das placas para as licitações, quando fica presa no armário. Os demónios do seu passado regressam e entra em pânico, sendo salva por um deus grego todo jeitoso. Só que o que tem de bonzão tem de mania, e acha-se o maior, e apesar do momento caliente, ela afasta-se dele. Mas nunca é assim tão fácil, pois não? Ele não gosta de ser rejeitado e aposta com ela que a vai levar a um encontro, só que ela recusa-se a aceitar.

Este livro está longe de ser uma obra de arte, mas como eu digo, satisfaz os requisitos para o qual foi criado. É viciante, cativante, e em 3 horas estava lido porque eu não conseguia parar.

As personagens são marcadas pelo passado, o que faz com que não se queiram comprometer com ninguém, mas nem tudo acontece como queremos. Se inicialmente o Colton era extremamente irritante, à medida que o vai conhecendo melhor, porque ele é um chato e não a deixa em paz, vai percebendo a sua verdadeira essência. Se a Rylee é uma pessoa que pensa constantemente nos outros, neste caso nos seus meninos da organização, Colton, que é condutor de carros de corrida, é mais imprevisível, ate ligeiramente bipolar e egoísta, apesar de ter um fundo bom.

Tenho algumas críticas a fazer à edição, a letra é de um tipo esquisito, que não é o habitual nos livros e por outro lado é muito pequeno. No inicio era difícil ler, com o passar das páginas fui-me habituando. Quanto ao nome, sem dúvida que o português se adequa mais, pois a referência aos carros de corrida, acontece apenas uma vez, e as restantes são mencionados por ele ser famoso.

Enquanto estava a ver os covers internacionais, reparei que há um filme baseado no livro, mas é daqueles pouco conhecidos. Muito sinceramente depois de ver o trailer fiquei desiludida, eu imaginei as personagens de maneira diferente, mas cada um tem a sua interpretação.

O livro tem continuação, porque a história acaba em aberto e que, pessoalmente, me enervou… agora estou curiosa para ler o próximo, e ainda há outro editado em Portugal. Na América acho que são uns 8 livros, mas a partir do 4º ou 5º, são outros casais da série. Sim eu andei a fazer uma investigação. 

Para quem gosta de romances YA, sensuais, irá gostar deste livro. Claro que tem alguns clichés, mas também neste género de livros não queremos ver a realidade seguida à risca, para isso já basta a vida real.

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Outras Edições Pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

8 Comments

  1. Olá! pesar de não ser um dos meus estilos de leitura, achei bem legal essa mistura dos dois, do mundo das corridas e de como os dois vão bater um pouco de cabeças antes de realmente se entregarem para o sentimento. Gostei bastante do book trailer.

    Bjoxx ~ Aline ~ http://www.stalker-literaria.com

  2. Olá!

    Não é meu tipo de leitura, mas gostei de conhecer um pouco mais e saber de todos os problemas do passado que a personagem enfrenta. Apesar de alguns pontos ressaltados do livro, parece uma boa leitura.

    Aproveitei para seguir seu blog 🙂
    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

  3. Oi!
    Já li esse livro e adorei a intensidade do casal, tenho a versão de 2015 pela UDL, a química deles é fantástica. Me deu uma saudade lendo sua resenha, acho que vou reler o livro kkk. Parabéns peal resenha, eu não poderia ter resenhado melhor, os problemas que eles enfrentam é que nos prende a leitura. Bjs!

  4. Seu post ficou super completo e informativo, ter colocado um pouco sobre a autora e ainda por cima o trailer ajudou muito a entender melhor o livro! Obrigada pela ótima resenha ♥

    Beijos!

  5. Ainda não li esse livro, mas sua opinião me deixou curiosa, conhecer da autora e saber quantos livros esperar da série foi importante também!
    Beijos!!!

  6. É expectável que em Portugal se publique apenas a trilogia, da mesma forma que aconteceu com a série Submissa, de Tara Sue Me. Infelizmente, se queremos seguir a história, teremos mesmo de adquirir os livros em inglês.
    Desta série em particular, li apenas excertos dos 3 livros e fiquei bastante curiosa, pelo que irei adquirir os 3 livros dentro em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial