O Agente Estrangeiro de Brad Thor 
(Scot Harvath #16)
Título Original: Foreign Agent
ISBN: 9789722535601
Edição ou reimpressão: 04-2019
Editor: Bertrand Editora
Páginas: 376
Género: Policial e Thriller
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 4,21✮ (aqui)

Sinopse

Numa casa segura perto da fronteira com a Síria, uma equipa de operações clandestina americanas prepara-se para lançar uma missão drástica preparada durante largos meses. O alvo é um ativo valioso do ISIS. Muitos analistas, bem como uma congressista, estão no país para monitorizar o ataque, mas antes do avanço da equipa, a casa segura é atacada.

No rescaldo do sangrento incidente, desenvolve-se um grave caso político e de relações internacionais. Enquanto na Internet se publicam imagens terríveis para os americanos, em Washington procuram-se culpados entre os responsáveis pelas informações para a operação clandestina e as suas fugas.

À medida que se procuram respostas, Scot Harvath, espião e agente secreto do contra terrorismo, vê-se rapidamente no meio de uma tempestade. Se, por um lado, foi ele quem identificou o ativo valioso como poderia, por outro, o ISIS saber dos planos e localização americanos? Tem de haver algo mais que é preciso esclarecer, algo que a todos especialmente aos políticos – está a escapar.

Com o peso do ataque a cair sobre os ombros seus e com vários membros poderosos do Congresso a pedir a sua cabeça, Harvath vê-se forçado a lançar a sua própria operação para desvendar o que correu mal.

Críticas da Imprensa

«O melhor thriller do ano… uma leitura agradável e trepidante.»
The Washington Times

Sobre o Autor

Brad Thor é formado pela Universidade da Califórnia do Sul, trabalhou no Departamento de Análise de Segurança Interna e, entre outros, é autor de Uso da Força, Código de Conduta, Ato de Guerra, A Ordem Oculta, A Lista Negra, Matéria Negra (um dos thrillers políticos do ano), O Projeto Atena, Influência Externa, O Apóstolo, O Último Patriota (melhor thriller do ano pela Associação Internacional de Escritores de Suspense e banido na Arábia Saudita) e O Primeiro Mandamento. É o fundador da Thor Entertainment, uma empresa premiada e que exporta conteúdos para todo o mundo. Todos os seus livros são bestsellers do New York Times.

A Minha Opinião

 É a minha estreia com o autor, e este livro é o 16º numa série, contudo eu não senti qualquer dificuldade em perceber a história. Como é comum nos thrillers apenas a história da personagem principal é continuada, e mesmo assim, o autor explicou o que era necessário saber. Por isso, não há qualquer problema em ler este sem ter lido os outros.

  Agora quanto à história do livro, tudo começa com um ataque à casa segura da CIA no Iraque pelo ISIS, um grupo terrorista, onde morram oficiais como três civis, o que provoca a revolta em Washington. Scot Harvath, encontrava-se na Áustria a cumprir uma missão, quando descobre o que se passou, e é encarregado de descobrir como é que o ISIS descobriu a localização da casa segura tendo em conta que fora ele que dera as informações para a missão da CIA. A partir desse momento Harvath, começa a desenrolar o novelo para chegar a quem orquestrou o ataque.

  Foi o primeiro thriller de espionagem que eu li, até agora tinham sido só policiais, e posso afirmar que foi uma excelente surpresa. Ao longo da leitura nota-se o trabalho do autor para conseguir construir toda a história, que se passa em diversos países diferentes, que têm realidades completamente distintas. Vamos desde da Europa, ao Médio Oriente, sempre um olho no que se passa nos Estados Unidos, e toda a articulação da história está muito bem feita. Apesar de eu não ter gostado muito de num momento crucial, o autor mudar o cenário, apetecia-me saltar aquela parte e ir ler o que ia acontecer, mas não há dúvida que cria tensão e curiosidade no leitor.

  Quanto às personagens, adorei o Harvath, nota-se de longe as capacidades dele, bem como a experiência. E apesar da carga dramática do livro, eu achei-o em certos momentos engraçado. Temos também todas as personagens secundárias, ao nível do governo nos Estados Unidos da América, que sinceramente, não gostei muito. O que mostrou neste livro é o interesse acima muitas vezes do dever, e apesar de isso acontecer em qualquer país, a verdade é que não interessa o sistema político, no fim de contas é tudo a mesma coisa.

E temos as personagens ao nível de “ajudantes do Harvath”, que por todo mundo vai angariando ajudantes, e uma das coisas que também gostei nele, foi respeito pelas pessoas, pelo menos pelos “bonzinhos” e a maneira como ele não subestima o adversário, que por si só já demonstra a sua experiência. Temos também a versão da pessoa que eles querem capturar, e vamos vendo como é que essa pessoa consegue driblar muita gente para atingir o seu objetivo.

Em suma, gostei bastante do livro, foi uma excelente leitura. O autor alterando entre o que se passa no terreno, no poder em Washington e com inimigo, apresenta-nos uma história com um tema que está na ordem do dia, que é o terrorismo, escrita de uma forma viciante, que nos faz querer sempre mais e mais.

Classificação

Rating: 4.5 out of 5.

Leitura com o Apoio

Outras Edições Pelo Mundo Fora

Opinião de Outros Livros do Autor

Nota: Ao clicar nesta imagem será dirigido para as diversas opiniões de outros livros da séries. Estará sempre atualizado, fazendo com que possa haver mais livros do que os que aparecem na imagem.

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial