Coração Ardente de Grace Burrowes 
(Noivas da Regência #2)
Título Original: Too Scot to Handle
ISBN: 9789897800931
Edição ou reimpressão: 03-2019
Editor: Quinta Essência
Páginas: 352
Género: Romance; Romance de época
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,82✭ (aqui)

Sinopse

Colin MacHugh é um homem de muitos talentos. Foi capitão no exército, liderou homens, resolveu problemas e lutou com valentia. Agora, porém, a sua luta é outra… contra as jovens debutantes com ideias de arranjar marido.

Até ao dia em que conhece a intrigante Miss Anwen Windham, cuja natureza reservada é rara e suficientemente enigmática para o cativar. E quando ela lhe pede ajuda para angariar fundos para um orfanato, Colin não hesita em aceder…

De facto, o jovem escocês parece ter sido a escolha ideal. Para além de saber lidar com os pequenos malandros, parece genuinamente interessado nas ideias de Anwen. Por sua vez, a jovem dificilmente consegue resistir àquele encantador sotaque. Mas Colin tem inimigos dispostos a tudo para o derrubar. Se partir, será o fim do orfanato… Se ficar, poderá pôr em risco o seu futuro com Anwen… e até a própria vida.

Sobre a Autora

Grace Burrowes foi sempre adepta da escrita e da leitura, mas também deu aulas de piano e de ballet, escreveu textos técnicos e tirou o curso de Direito. Foi só depois de a filha sair de casa que resolveu dedicar-se à ficção.  Nesse momento abriu-se uma porta, pois Grace não parou mais de escrever… 

Atualmente vive numa zona rural de Maryland, EUA, e adora receber cartas dos fãs.

A Minha Opinião

  Vou admitir que parti para este livro um pouco de pé atrás. Tinha lido algumas opiniões menos positivas sobre o primeiro da série e por isso estava com medo de não gostar, mesmo que pela sinopse pensasse o contrário.

  O livro segue a vida de Anwen Windham, uma jovem que toda a família pensa que é muito frágil, devido a na infância ter estado às portas da morte, mas na realidade é cheia de vitalidade e de ideias pouco próprias para uma jovem da sua classe social, mas ela pouco se importa com isso. Para ela importam os seus meninos do “Lar para Meninos de Rua” que está na ruína.

  Já Colin MacHugh é um escocês que acaba em Londres depois de o seu irmão ter virado duque, e das suas irmãs estão a desfrutar da temporada pela primeira vez. É independente, tem o seu próprio rendimento, não vive às custas de ninguém como os seus novos amigos de Londres, que o estão a ajudar a entrar nos costumes da sociedade inglesa. O seu amigo mais próximo tenta que ele fique encantado pela beleza da sua irmã, mas Colin só tem olhos para a Miss Anwen que não é nada menos que a cunhada do seu irmão.

  Eu gostei bastante deste livro, é diferente do que eu já li do género e isso é sem dúvida um ponto a favor. Esta história não se baseia unicamente na história de amor da Anwen e do Colin, mas em todo o mundo envolvente deles.

De um lado temos o problema do orfanato, que está com falta de dinheiro e corre o risco de fechar, e Colin sensibilizado com a dor de Anwen e também com os rapazes acaba por se envolver na causa para a tentar salvar, e do outro lado temos o que eu chamo “as sangugas da sociedade”, que não são mais nem menos que os novos amigos de Colin, que o pobre coitado pensa que realmente querem o seu bem, mas no fim de contas querem apenas lucrar à custa disso.

A autora mostra muito bem a sociedade da época, de um lado as damas que se acham a última bolacha do pacote e que por isso recusam os cavalheiros que não têm dinheiro ou posição social, e do outro os cavalheiros que como não são duques, vivem à custa dos rendimentos trimestrais que estes lhes enviam, e que procuram uma dama com o objetivo de viver à custa do dote delas. Foi talvez o que mais me enervou no livro, principalmente por ter a noção que era mesmo o que acontecia. 

  Quando à relação entre o Colin e a Anwen propriamente dita, foi do que mais gostei no livro. Eles já se conhecem do livro anterior, já existe desde aí o interesse do Colin, mas é neste livro que ele toma a iniciativa, e a Anwen em vez de se fazer uma enjoadinha, mostra que está à frente do seu tempo.

Além disso, pela primeira vez existem duas personagens que não andam com joguinhos e mentirinhas, coisas que se acompanham as minhas opiniões eu me tenho queixado. Pela primeira vez, vi dois adultos que partilham os problemas e que não os escondem, ouvindo os conselhos que o outro tem para dar. 

  Em suma, é um livro que recomendo, e fiquei fã da autora. É algo diferente do habitual, mas como sempre com muito amor à mistura, não deixando de aquecer os nossos corações. 

Classificação

Rating: 4 out of 5.

Leitura com Apoio

Outras Edições Pelo Mundo Fora

Eu gosto sempre de avaliar as capas, mesmo que nem sempre deixe aqui a minha opinião, mas tenho a dizer que a portuguesa é a mais bonita, apesar de nem me queixar muito destas, que face ao que já vi noutros livros são umas flores. 

Deixo só uma curiosidade, a última capa desta fila, a francesa, não é nada mais, nada menos que do mesmo photoshoot que a capa do “Nobre & Poderoso” da Madeline Hunter.

Opinião de Outros Livros da Autora

Nota: Ao clicar nesta imagem será dirigido para as diversas opiniões de outros livros da série. Estará sempre atualizado, fazendo com que possa haver mais livros do que os que aparecem na imagem.

Já leram alguma coisa da autora? Ficaram curiosos com este livro? Deixem tudo nos comentários e até ao próximo post!

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial