Deixa-me Mentir de Clare Mackintosh
Título Original: Let Me Lie
ISBN: 9789898979032
Edição ou reimpressão: 07-2019
Editor: Cultura Editora
Páginas: 320
Género: Policial e Thriller
Compre na 
Wook
Bertrand
Goodreads: 3,83✮ (aqui)

Sinopse

Quando a verdade é demasiado cruel, a mentira é a melhor saída.

Depois do seu pai e da sua mãe terem acabado com as próprias vidas de maneira muito parecida, em dois suicídios brutais e com intervalo de apenas alguns meses, Anna está a tentar virar a página do passado trágico da sua família e recomeçar a sua vida. 

O novo namorado e o filho vieram para trazer à Anna alguns sorrisos no meio do caos. Mas, mesmo com todo o seu esforço para superar os seus traumas e se entregar aos novos começos, o seu passado de repente volta à tona trazendo ainda mais dor e devastação.

No primeiro aniversário da morte da sua mãe, Anna recebe um bilhete anónimo e perturbador: Suicídio? Pensa melhor. Será possível que alguém poderia ser cruel ao ponto de fazer uma brincadeira dessas? Ou de facto existe algo por trás do suposto suicídio de seus pais? 

No fundo, Anna nunca entendeu como eles tinham sido capazes de tirar as suas próprias vidas de maneira tão cruel.

Deixa-me Mentir tem o ritmo lancinante que é a marca de Clare Mackintosh. Carregado de reviravoltas, deixa qualquer um em estado de choque da primeira à última página.

Criticas da Impressa

«Ninguém escreve um thriller como Clare Mackintosh.»
Paula Hawkins

«Devorei cada página.»
Jill Mansell

«Absolutamente BRILHANTE… É o melhor livro de Clare Mackintosh.»
Marian Keyes

«Um grande triunfo.»
Fiona Barton

«Tão inteligente. Totalmente absorvente e original.»
Sabine Durrant

Sobre a Autora

Clare Mackintosh trabalhou doze anos na polícia, alguns deles, inclusive, no Departamento de Investigação Criminal. Em 2011, deixou a carreira na polícia para ser jornalista freelancer, escrevendo para publicações como o jornal The Guardian. Criadora do festival literário de Chipping Norton, atualmente dedica-se em tempo integral à carreira de escritora e vive em Cotswolds, na Inglaterra, com o marido e seus três filhos.

O seu livro de estreia, tornou-se best-seller do The Sunday Times e do The New York Times. Deixa-me Mentir é o terceiro livro da autora.

A Minha Opinião

Eu já andava de olho nos livros da Clare Mackintosh, que vi na biblioteca, mas este acabou por ser a minha estreia com a autora. 

Esta história é nos contada em 3 pontos de vista. Primeiro temos a Anna, uma jovem mãe que é orfã de pai e mãe porque ambos se suicidaram no mesmo sítio. O aniversário da morte da mãe aproxima-se e ela está a ficar ansiosa, e no dia recebe uma mensagem na caixa do correio a dizer “Suicídio? Pensa melhor”. Anna fica logo alerta metendo na cabeça que os pais foram assassinados e vai à polícia, sendo atendida por Murray, um ex-polícia que trabalha lá como civil, mas que se interessa muito sobre o caso. 

O segundo ponto de vista é o de Murray, um ex-inspetor que se reformou, mas não conseguiu afastar-se, muito também à sua vida pessoal não ser o mais normal possível. A sua esposa tem uma doença mental que o deixa constantemente em sobressalto, mas acaba por ser ela a incentivá-lo e ajudá-lo a resolver o mistério dos pais da Anna. 

O terceiro e último ponto de vista não nos é dito de quem é, vamos tendo vislumbres, mas até ao fim tudo um mistério- 

O que eu achei?

Gostei, mas não amei, principalmente porque não tem muita ação e vivemos muito enredados na vida da Anna e do Murray e não tanto no mistério propriamente dito. Arrisco-me até a dizer que até metade do livro custa um bocado ler, todavia a parte final é muito mais dinâmica e cativante, e aí sim, eu li sem conseguir parar e só descansei quando terminei. 

Outra coisa que gostei foi que a autora consegue baralhar-nos a mente várias vezes e nada é realmente o que parece, e isso foi bom, haver tantos twists e tanta surpresa fez com que aquelas últimas páginas fossem devoradas. 

Uma das coisas que não me caiu bem, foi o que poderemos chamar de epílogo, acho que já foi navegar um bocadinho na maionese, porque é muita fantasia para minha cabeça. 

Quanto às personagens, gostei das principais, mas dei por mim a duvidar de todas as pessoal à volta da Anna, todos me pareciam culpados. Contudo não senti propriamente uma empatia com a Anna nem com o Murray, gostei deles, achei personagens interessantes, mas não houve uma ligação entre nós. 

Em suma, de uma maneira geral, gostei, foi uma boa leitura, só que não me arrebatou completamente, ou pelo menos durante muito tempo, só o final é que me deixou WOW. Contudo é um livro que eu recomendo para quem gosta de thrillers ou para quem quer começar a ler este género, acho que é um bom ponto de partida. 

Classificação

Rating: 3.5 out of 5.

Edições Pelo Mundo Fora

Leitura com Apoio

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Já leram este livro, ou outro da autora? 

Deixem tudo nos comentários e até ao próximo post!

Please follow and like us:

4 Comments

  1. Não poderia concordar mais com a tua opinião acerca deste livro. Penso exactamente da mesma forma!
    A sinopse do livro deixou-me muito curiosa, no entanto, não foi de encontro às expectativas que tinha antes de ler o livro 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial