Ainda Há Sexo na Cidade?

de Candace Bushnell 

Título Original: Is There Still Sex in the City?

Edição ou reimpressão: 09-2019

Editor: Quinta Essência

Páginas: 232Tipo de Produto: Livro

Género: Não Ficção

Compre:

Wook

Bertrand

Goodreads: 3,43✯ (aqui)

Sinopse

O que é que acontece quando uma mulher de uma certa idade dá por si solteira e livre na cidade?

Paixão, sexo, divórcio, filhos, homens mais novos, homens mais velhos…

Entre a agitação cosmopolita de Manhattan e o charme das praias dos Hamptons, Candace e o seu grupo de amigas deparam-se com um mundo tremendamente diferente daquele que conheceram quando estavam no auge dos seus trinta anos.

Desde os novos fenómenos como o Tinder e rejuvenescimentos vaginais às situações mais caricatas – o que fazer, por exemplo, quando um potencial parceiro nos pede para pagarmos as obras de recuperação da sua cozinha? – para a autora, não há temas tabu.

Ainda Há Sexo na Cidade? parte da vida amorosa de um grupo de amigas pertencentes à elite nova-iorquina para abordar temas universais… sem nunca esquecer a pressão constante para que as mulheres consigam fazer tudo – e, claro, se mantenham eternamente jovens enquanto o fazem.

A Minha Opinião

Dizer que este livro não era nada do que eu estava à espera é um eufemismo, mas isto ser considerado um romance é um ainda maior. 

Basicamente temos um livro escrito na primeira pessoa, neste caso pela voz própria autora, onde nos são apresentados alguns temas sobre as mulheres e a sexualidade após os 40 anos. Desde do tinder, aos namorados mais novos, passando também pelos mais novos e pelos cremes para as rugas, a autora aborda todos os temas tendo como exemplo a sua própria experiência e/ou das suas amigas.

No geral eu até gostei, só que não é um livro para ler de uma só vez, mesmo apesar do seu tamanho, temos capítulos de 20 páginas. É denso, e como não é uma história apenas torna-se em certa parte maçudo. Umas partes lêem-se melhor que outras, há temas mais interessantes que outros, apesar de tudo isto é um livro de não ficção, chamar isto de romance, é na minha opinião errado, porque mesmo as histórias das amigas, parecem ser reais, pelo menos a autora dá ideia disso. 

Acima de tudo é um livro que pretende mostrar que a vida das mulheres não acaba aos 40, nem 50, nem 60, contudo, muita coisa muda. Por exemplo, o livro começa com a Candace a divorciar-se, e, de entre muitas coisas a perceber que a forma de engate mudou muito desde da última vez que o tivera de fazer. Já tudo se passava online e basicamente as pessoas encontram-se apenas para sexo, ela e as amigas todas solteiras tiveram de perceber como tudo funcionava novamente, fazendo sempre paralelismos com o passado, e criticas. 

Lá está, é um livro interessante. Aprende-se muitas coisas, contudo não acho ser um livro para ler de enfiada. 


Foi a minha estreia com a autora, apesar de ter ouvido falar muito da série Sexo e a Cidade, não conheço, e bem pensava que este livro era uma espécie de regresso da série, ou um algo relacionado, todavia não é nada disso. 

Em suma, não é um mau livro, é na realidade interessante e aborda questões que não são muito faladas na literatura, todavia, leva, na minha opinião, as pessoas ao engano à primeira vista. De qualquer maneira para quem gosta de ler uma espécie de crónicas sobre o mundo feminino, recomendo que leiam, porque irão gostar.

Classificação


Leitura com Apoio

Outras Capas pelo Mundo Fora


P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial