Sisters – Laços Infinitos

de Anna Todd 

Título Original: The Spring Girls

ISBN: 9789722364775

Edição ou reimpressão: 11-2019

Editor: Editorial Presença

Páginas: 328

Género: Romance, Jovem Adulto

Compre:

Wook

Bertrand

Goodreads: 3,07✯ (aqui)

Sinopse 

Quatro irmãs a procurar desesperadamente um modelo para a vida – uma versão moderna de As Mulherzinhas, de Louisa May Alcott’s como só Anna Todd saberia escrever.

As raparigas da família Spring-Meg, Jo, Beth e Amy-são uma verdadeira força da Natureza na base militar de Nova Orleães onde vivem. Por muito diferentes que sejam, com o pai destacado no Iraque e a mãe a ocultar alguma coisa, os seus receios são muito semelhantes. Debatendo-se para construir uma vida de que possam orgulhar-se e que as tire da sua situação humilde, um ano determinará tudo o que os seus futuros poderão vir a ser.

A mais velha, Meg, será esposa de um oficial e entrará na sociedade militar como muitas das mulheres que admira. Se a sua paixão- e a sua reputação – não a fizerem descarrilar.

Beth, a mula de carga da família, tem medo de sair de casa e receia nunca chegar a descobrir quem é realmente.

Jo só quer ir-se embora. Sem ver a hora de acabar o secundário, sonha com uma vida na cidade de Nova Iorque e uma carreira no jornalismo em que possa ter impacto no mundo. Nada pode detê-la – nem mesmo o amor.

E Amy, a mais nova, observa as suas irmãs, aprendendo como elas se comportam, melhor ou pior.

Com bastante audácia, romantismo e drama, As Novas Mulherzinhas revisita o clássico de Louisa May Alcott, As Mulherzinhas, e traz os seus temas de amor, guerra, classe, adolescência e família para a linguagem do século XXI.

Sobre a Autora

Anna Todd nasceu em 1989 e vive em Los Angeles. Como é fã fervorosa de boy bands e de literatura, decidiu escrever um livro que combinasse essas paixões, daí resultando a série After, cujas personagens são inspiradas na banda britânica One Direction. Esta série, publicada pela Presença, já vendeu mais de 4,5 milhões de exemplares e os seus direitos foram adquiridos para publicação em mais de 30 países.

A Minha Opinião

Eu ouvi falar neste livro quando ele foi lançado nos Estados Unidos da América em 2018, logo após o fenómeno do After. Na altura do filme saiu cá em Portugal um outro livro dela, Stars, que eu até pensava inicialmente ser este. 

Bem a minha relação com a Anna Todd é antiga, ainda do tempo do Wattpad. Eu comecei After quando era apenas uma história gratuita na plataforma, entretanto, quando virou livro, também tentei ler, e passados quatro anos, nunca acabei o primeiro livro, mas irei fazê-lo, ele até existe na biblioteca, só não é uma prioridade no momento. 

Esta história é uma versão do clássico, que eu ainda não li, mas obviamente pretendo fazer, mas vi o filme (podem ler a minha opinião aqui).

Este livro segue as irmãs Spring: Meg, Jo, Beth e Amy. Cada uma tem os seus problemas, derivados da sua idade e da sua forma de viver. Meg com os rapazes, Jo em torna-se uma jornalista famosa, Amy, a mais nova, em ser rica e famosa, e Beth, bem, ela apenas quer estar em casa. Filhas de um militar, vivem com a mãe na base em Nova Orleães, Meredith, que tenta manter tudo em pé.

Não foi uma leitura fácil, e mesmo não tendo lido o original, achei o livro bastante parecido com o filme, e segundo li, a primeira cena é completamente igual.

Contado sob a voz das três filhas mais velhas, Meg, Jo, e Beth, vamos conhecendo a família Spring, e todas as suas peripécias.

A história em si, não é má, mas não me liguei às personagens. Achei a Jo detestável, o feitio dela enervava-me constantemente. Parecia que não via o mundo como realmente ele era, e agia como se tivesse sido criada por ursos.

Já a Amy, é a mimada, e irritante. No alto dos seus 12 anos tem atitudes de criança mimada que não tem noção das posses dos pais. Está bem que é ainda uma criança, mas se calhar se os pais não a colocassem numa redoma de vidro para a proteger talvez ela não tivesse certas atitudes.

Sobram apenas duas irmãs, e para mim era o suficiente, as outras podiam só aparecer de relance… E é por elas que dou as três estrelas.

Já para não falar no facto de nem tratarem a mãe por mãe, mas por Meredith, é só estranho.

Quando à escrita, bem considero normal, não é complicada, nem confusa ao menos isso. O que perdeu mesmo foi a autora ter tentado fazer um retelling de uma história, se tivesse pegado em cada uma das irmãs e escrito um livro, se calhar era mais interessante. Focava-se em cada uma delas, neste livro temos pinceladas de todas, não há intensidade nas histórias.

Em suma, era um livro que eu tinha algumas expectativas, apesar das opiniões negativas que li nos últimos tempos, mas acima de tudo é uma obra com potencial se tivesse sido explorada de outra maneira. Ainda não sei bem quando é que irei ler os restantes livros da autora, quem sabe, um dia. Uma coisa positiva é que não tem qualquer conteúdo sexual, nem nada que se pareça, por isso pode ser lido por pessoas mais novas.

Classificação


Leitura Com Apoio

Edições Pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial