É uma autora recente em Portugal. Editada pela Quinta Essência, e autora de romances de época, hoje trago-vos a minha conversa com a Minerva Spencer, autora de Perigoso e Bárbaro.

Antes de mais, obrigada pela oportunidade de falar consigo.
Quando é que soube que iria ser escritora?

Nunca tive a intenção de ser escritora, apenas tinha uma história na minha cabeça que senti necessidade de a colocar no papel. Isto foi há cerca de 7 anos, em 2013. Na época meu marido trabalhava noutro estado e eu levei-o de carro até o aeroporto, que fica a 6 horas de ida e volta da nossa casa. Eu apenas comecei a criar a história na minha cabeça durante a viagem.
Quando cheguei a casa, comecei a escrever. A história simplesmente saiu de mim e, quando passaram cerca de 6 semanas, eu já tinha meu primeiro livro. Esse livro era Barbarous, que faz parte da série The Outcast.

Qual é o seu livro favorito nos últimos 12 meses?

Eu adorei o livro In The Middle Of Somewhere da Roan Parrish

Em Portugal, infelizmente, apenas a série The Outcasts está traduzida. Como foi para escrever essa série?

Esta foi minha primeira série – os três primeiros livros que escrevi – foram muito fáceis de escrever e as histórias vieram rapidamente à minha cabeça, porque estão um tanto interligadas.

Que tipo de pesquisa fez para estes livros?

Como professora de história reformada, eu conhecia a história da época de uma maneira geral, mas li muito sobre os Estados da Barbária e a política britânica, especialmente o envolvimento da Grã-Bretanha nas Guerras Napoleônicas. Também tive que me familiarizar com muitas roupas e alimentos do período.

Podemos esperar mais livros desta série?

Os livros da minha série mais recente, Rebels Of The Ton, apresentam algumas das mesmas personagens. Estes três livros são sobre os filhos dos heróis e heroínas em The Outcasts. O livro 1 desta série, Notorious é sobre Gabriel, o filho adulto da heroína em Perigoso.

Seus personagens são baseados em pessoas reais ou vêm da sua imaginação?

Não escrevo sobre ninguém que conheço – pelo menos não intencionalmente. Eu suspeito que muitas vezes pego “pedaços” de pessoas que conheci ou conheço e incorporo-os nas minhas personagens.

Alguma vez pensou que seus livros seriam traduzidos para vários idiomas?

Não, na verdade – foi uma surpresa maravilhosa! De momento tenho livros em japonês, português, brasileiro, francês e alemão.

Quão importante é a opinião do leitor para você?

Gosto de dar aos meus leitores uma história que eles gostem, mas no final das contas escrevo para mim mesmo. Se não escrevesse histórias que me deixassem feliz, provavelmente pararia de escrever.

Scandalous by Minerva Spencer

Se tivesse a oportunidade de jantar com 3 personalidades de qualquer período da história, quem seriam e porquê?

Eu escolheria pessoas do passado, presente e futuro. Eu convidaria Jesus Cristo, Barak Obama, e do futuro eu escolheria o último humano a habitar a terra, para descobrir o que acontece no final!

Pode dar-nos alguma ideia sobre os livros ou projetos futuros em que está a trabalhar?

Normalmente trabalho em 3 ou 4 livros de cada vez. Escrevo um mistério histórico com o pseudônimo S.M. Goodwin e um romance erótico sob o nome de SM LaViolette, tenho muitos chapéus que uso. Eu escrevo ficção científica, fantasia e romance contemporâneo, talvez coloque um deles no mundo, um dia.

Por fim, o que gostaria de dizer aos leitores portugueses?

Estou muito feliz em saber que os portugueses estão a ler meus livros! Acho que é preciso ter uma mente aberta e curiosa para ler coisas escritas por autores estrangeiros, já que as perspetivas culturais costumam ser diferentes e desafiadoras. Isso faz-me pensar que meus leitores portugueses são alguns dos melhores leitores de romance (e mais espertos!) que existem. Muito obrigado a todos pelo apoio!

Onde pode conhecer mais sobre a autora
Site
Instagram
Facebook
Goodreads

Opinião sobre os livros da Autora

Bárbaro de Minerva Spencer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial