O tema que vos trago hoje, tem sido falado muito pelo mundo literário, mas noutro sentido, menos positivo infelizmente, que é as capas. Se pensarmos bem são a imagem dos livros, o primeiro contacto com o leitor e nem sempre os autores as tratam com atenção. Apesar do ditado “Não julgues um livro pela capa”, a verdade é que todos nós temos a tendência de julgar pela aparência, principalmente objetos.

Muitas pessoas compram livros pelas capas, eu não chego a tanto, mas a verdade é que é a capa que me faz pegar no livro para ler a sinopse. É a capa que me faz escolher dar uma oportunidade ao livro A em vez do livro B.

Imaginem um leitor que entra numa livraria ou está num supermercado e passa na seção literária, é as capas que vão chamar à sua atenção, por isso na altura de lançares o teu livro, vê esta de forma tão importante como o próprio texto.

Cada leitor terá o seu tipo de capa de eleição. Mais complexa, mais simples, mas há questões que são transversais a todos.

  • A definição das imagens. – Imagina o aspeto de uma capa desfocada, não dá uma boa impressão.
  • As letras. – Têm que estar bem visíveis, definidas e serem compreensíveis. De pouco vale uma letra toda bonita se depois não se percebe o que lá está escrito.

Depois de teres isto em mente está na altura de contratar alguém para a fazer ou por mãos à obra.

Mas Liliana eu não tenho dinheiro nem jeito para essas coisas…

A questão de dinheiro é algo que no momento que pensam em editar um livro terão de ter em conta. Vão precisar de dinheiro para muitas coisas, acreditem, e se planearem com antecedência chegarão à conclusão do que é ou não dispensável e no que podem ser vocês a fazer.

Existem freelancers que fazem designs de capas, claro que, mais caro será quanto mais complexa for a mesma. Mas se mesmo assim não tiverem dinheiro existe sempre a possibilidade de serem vocês a fazer e que seja uma coisa apelativa à vista, não tem que ser fantástica, às vezes quanto mais simples melhor.

Eu que fazia capas para as histórias do Wattpad no Photoshop, photoscape e afins descobri hoje uma plataforma mais fácil de trabalhar, com muitos recursos e gratuita. Chama-se Canvas. Muito conhecida pelo mundo do design e das redes sociais a verdade é que também tem a opção de criar capas para livros, e têm a vantagem de as dimensões já serem as corretas.

Neste caso têm de ter em atenção algumas questões:

  • Tem imagens gratuitas, contudo as mesmas são de domínio público e por isso usadas por muita gente, podes encontrar outras capas parecidas à tua. Também podem comprar imagens no Canvas, não têm de subscrever a assinatura pró, basta pagar o que estão a usar.
  • A mesma coisa para as fontes (tipo de letra), têm muitas opções gratuitas.
  • Existem já pré-temas, ou seja, podem usá-los e apenas mudar títulos e fotos, mas mais uma vez, pode haver outros livros com capas iguais às vossas.

Outras ferramentas que podem utilizar:

  • Powerpoint – Sim também é possível. Tive uma colega no secundário que tirou 20 num trabalho com um poster criado no powepoint.
  • Photoshop – O famoso editor de imagem, como sabem não é gratuito.
  • Photoscape – Também muito conhecido, este sim grátis. Uso há muitos anos e gosto bastante.
  • PIXLR– Costumo usar para editar algumas fotos para o instagram, e é muito semelhante ao Photoshop, só que online, e do que testei gratuito, mas acredito que tenha recursos pagos
  • PIXABAY – Local onde encontro fotos gratuitas e que podem ser usadas de forma comercial.

Independentemente do programa que utilizem, tenham em atenção ao uso das fotos, as mesmas têm que ser livres de direitos e autor e poderem ser usadas de forma comercial e o mesmo para os tipos de letra.

Acima de tudo tentem criar algo agradável à vista, simples e pensem que mais é menos! Deixo-vos algumas que eu fui fazendo ao longo dos anos, como inspiração, sendo que nenhuma destas foi para uso comercial.

Qualquer dúvida não hesitem em perguntar!
Até ao próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial