Hoje faz 47 anos que o nosso país mudou. O lápis azul foi destruído e o povo passou a ter a liberdade de pensar e se exprimir. Nos livros não foi diferente, e sem dúvida que o fim da censura fez com que houvesse liberdade de escrever sobre ela, algo que não era possível. Hoje trago 3 livros que li em que o tema, em cada um à sua maneira, é a ditadura.

Eu, nascida muito depois do 25 de Abril, confesso que gosto bastante de ler sobre esta época, e que era a minha matéria favorita nas aulas de história, já há uns bons anos. De uma maneira geral sempre gostei da história de Portugal, mas a ditadura salazarista é das minhas preferidas e por isso tenho tentado ler mais livros sobre o tema, sejam eles ficção ou não.

Trago hoje 3 livros que li, que falam sobre este tema. Um deles uma ficção passada em plena ditadura. Os outros dois, não ficção, sobre os chefes de governo na altura, António de Oliveira Salazar e Marcelo Caetano.

Começando pelo livro de ficção, temos um livro de Francisco Moita Flores, O Mistério do Caso de Campolide, é um policial em plena ditadura. Interessante porque conseguimos ver os entraves que existe à boa conduta dos polícias. A como as conexões entre os apoiantes do regime funcionam, e de como tudo era tão diferente do que conhecemos agora. Foi um livro que me cativou bastante, que me fez querer ler mais do autor, e sinceramente dava uma série de livros policiais bastante interessantes.

Este, dos três, foi o primeiro que li. A Última Dama do Estado Novo e Outras Histórias do Marcelismo fala-nos de Marcelo Caetano, que substitui Salazar quando este fica incapacitado, mas foca-se na sua filha, que acompanhou o pai após a mãe ter sido internada assumindo o lugar de primeira Dama. É interessante ver o que ela abdicou para estar ao lado do pai, e também de certa forma, como a vida a levou a isso, a também conhecer mais sobre a história do último chefe do Estado Novo.

Por fim o meu favorito, na realidade 3, mas eu apenas li o primeiro até agora. Salazar – A Queda de uma Cadeira que Não Existia conta a história de Salazar. Alternando entre vários momentos da história, conhecemos as suas origens, como chegou ao poder, após ter numa primeira oportunidade recusado o cargo, de como se relacionava com os mais próximos, de como conheceu Marcelo Caetano, e principalmente as teorias sobre a famosa cadeira que terá tirado Salazar do poder.

Foi um livro que me surpreendeu, que me cativou bastante e me deixou agarrada, e que para quem gosta de história, principalmente desta época específica, recomendo mundo, tal como com os dois volumes seguintes, que já tenho para ler, e que sem dúvida que irá acontecer em breve.

Estes foram três livrinhos que vos recomendo, felizmente há muitos mais. Sintam-se à vontade para me recomendar, principalmente livros de ficção que se passem nesta época, porque é algo que eu gosto bastante para conhecer melhor o que se vivia naqueles tempos difíceis.

Como não podia faltar, há promoções de livros sobre o tema. No site do Clube do Autor poderão encontrar alguns títulos com desconto direto de 25% até dia 3 de Maio de 2021.

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial