Hoje é o dia Mundial do ambiente, e para os amantes dos livros uma das formas de ajudar o ambiente é ler em ebook. Claro que não é igual a ter o livro físico, mas tem várias vantagens, mas será que vale a pena comprar um eReader.

Eu comprei o meu kindle está a fazer um ano, comprei o mais barato, que vinha com uns upgrades como a luz, contudo é pequeno e não é à prova de água. O meu pensamento foi, não vou gastar muito dinheiro para depois não usar, contudo eu uso bastante e adoro, acho que é uma boa forma de ler, poupando dinheiro e ajudando à sua maneira o ambiente.

E quais as vantagens?

  • Para quem lê em viagem é um verdadeiro sonho. Não pesa quase nada, ocupa muito pouco espaço e é ideal para andar sempre na mala. Além disso imaginem a seguinte situação: Estão quase no fim de um livro e não podem carregar mais que um livro na mala, com um eReader podem carregar milhares.
  • Ótimo para calhamaços. Para mim ler calhamaços é um suplício… contudo em ebook eles não pesam nada e não custa nada.
  • É possível encontrar livros gratuitos na internet. Fiz um post com locais onde se podem encontrar ebooks gratuitos, mais direcionada para quem lê em inglês, podem aceder aqui. Para quem lê em português tem o Projeto Adamastor, que contém em ebook obras de domínio público.
  • O preço dos livros. Gostava de vos dizer que eram substanciais, mas é mentira. Em todo o caso, são mais baixos.
  • Podem ler no escuro. No caso do Kindle mais barato 10ª geração, já tem luz integrada.
  • A bateria dura muito. No meu caso foram raras as vezes que carreguei o Kindle, dura muito.
  • Não ocupa espaço físico. Se têm pouco espaço em casa, esta pode ser uma boa solução.
  • Tem uma tecnologia que não magoa os olhos, é como se tivessem a ler uma folha de papel.

Vale a pena comprar um eReader? Depende muito. Se lê muito em viagem, gosta de andar sempre com um livro atrás. Sem dúvida que vale a pena. Lê muito em inglês? Também compensa, encontra muitos livros grátis ou a preços muito baixos e de autores conhecidos.

É um investimento, e em Portugal ainda não é muito falado, mas sem dúvida que faz parte do futuro e uma opção mais saudável para os olhos que os telemóveis e computadores. Os mais conhecidos são o Kindle, da Amazon, e o Kobo, contudo há mais no mercado, menos conhecidos, pouco falados, os considerados “marcas brancas”. A escritora Célia Correia Loureiro, falou no seu instagram que comprou um na Stapples a metade do preço (cerca de 60€), procurem em lojas de tecnologia e talvez consigam comprar outras marcas mais baratas e igualmente vantajosas!

Já têm um eReader?

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial