Portugal é um país de escritores de fantasia, pouco reconhecidos, como o género em geral, no nosso país, mas a verdade é que eles existem. A minha conversa literária de hoje é com uma escritora de fantasia. Em 2020 publicou o seu primeiro livro, pela Chiado Editora, e convido-vos a conhecer melhor a Clara Novo, nesta nossa conversa.

Antes de mais, agradeço o tempo que despendeu para responder às minhas questões. Quem é a Clara Novo e como entrou a escrita na sua vida?

Tenho 28 anos, cresci entre Bragança, Porto e Aveiro e sou uma verdadeira “crazycat lady”. Estudei e fiz teatro, depois tirei Criminologia e agora sou professora de Inglês, mas adoro escrever desde que me lembro (escrever composições era o que mais gostava de fazer na escola!) e, na minha adolescência, entrei no mundo das fanfics (quem nunca? Ahah).

Tem indicado no seu perfil e na sua biografia como criminologista e professora. Está nos seus planos escrever um thriller, ou a fantasia é o seu grande amor literário?

Escrever um thriller está definitivamente na minha bucket list! Assim como um “simples” romance. Mas cada coisa a seu tempo, para já estou focada na continuação de “A Descendente”.

À Conversa com Clara Novo

A Descendente – O Despertar é o seu primeiro livro, um livro de fantasia. Como surgiu a ideia para o enredo?

A inspiração surgiu de outras histórias, experiências pessoais e de terceiros e, principalmente, de mensagens que acho importante transmitir.

A história passa-se em algumas cidades britânicas, porquê usar como palco para o seu livro o Reino Unido?

A história passa-se entre o Reino Unido e Portugal porque são sítios que me são familiares e que adoro, onde passei bastante tempo. Talvez venham por aí outras cidades eheh.

Até que ponto as personagens que cria são inspiradas em pessoas que existem na vida real?

Quase a 100%. Todas as minhas personagens têm pelo menos uma característica física e psicológica (qualidades e defeitos!) minhas e de pessoas que me são próximas.

O final do livro indica que haverá mais volumes, para quando o próximo volume?

Adorava conseguir dar-vos uma data específica, mas não sei exatamente. Espero que já em 2022!

No total quantos tem em mente criar?

“A Descendente” será (se tudo correr como planeado) uma trilogia.

Publicou o seu livro numa Vanity. Como classifica a sua experiência?

Honestamente, ouvimos tantas “histórias de terror” sobre editoras vanity que pensei que fosse ser uma experiência muito pior.

O que gostaria que lhe tivessem dito antes de publicar o seu livro?

Que nenhum livro é perfeito e que nem toda a gente vai compreender ou gostar da tua história – and that’s okay!

Se tivesse oportunidade de jantar com um autor, vivo ou não, quem escolheria? E o que não poderia esquecer de lhe perguntar?

A Descendente da Clara Nova

J. K. Rowling porque Harry Potter foi (e ainda é) uma grande parte da minha vida e para além de lhe fazer imensas perguntas sobre a história, personagens e escrita, honestamente também lhe perguntava o que raio se passa com ela ultimamente porque, como todos sabemos, tem sido uma grande desilusão.

Se tivesse um super poder, como os das suas personagens, qual escolheria e porquê?

Ainda não explorei (e não sei se vou explorar) este superpoder, mas adorava conseguir teletransportar-me! Imagina: almoçar num país e jantar noutro? Se estivesse a chover em Portugal, metia-me em segundos numa praia paradisíaca? Que sonho!

O que diria a alguém para a convencer que devia comprar o seu livro? 

Não sou muito boa a vender nada e muito menos o meu próprio trabalho. E sim, é algo que devia trabalhar! Mas acho que diria qualquer coisa como: se gostam de clichés justificáveis, escolhas difíceis e uma boa pitada de romance com um elemento fantástico à mistura, então acho que esta história é para vocês!

Do género “quem leu o livro x gostará do meu”, que livros escolhia?

“A Defensora do Oculto” da minha “partner in crime” Andreia Ramos. E, como 90% das pessoas menciona o Twilight, também me sinto obrigada a responder “Twilight” (e não creio que seja assim tão descabido!). Para quem gosta de Harry Potter, acho que vai achar o segundo livro bastante interessante também (mistérioooo!).

Por fim, o que nos pode contar sobre projetos futuros?

Não muito. Tenho alguns planos, coisas que gostaria de fazer, histórias que gostava de contar, mas acredito na premissa que diz que devemos manter os nossos projetos e objetivos para nós mesmos. Mas fiquem atentos!

Onde pode conhecer mais sobre a Autora

Instagram
Site
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial