São várias opiniões minhas que encontram aqui no blogue de romances eróticos. É um género literário que gosto de ler de tempos a tempos e que nada tem de mal. Este, o Signor Ridini é um erótico nacional, escrito pela Hélène White, uma autora que escreve sob um pseudónimo, este livro foi originalmente publicado no Wattpad.

A história inicia-se em Itália, Isabeau uma adolescente trabalha num café quando, antes da hora de abertura, aparece um carro luxoso à porta e os senhores pedem para que ela os sirva, mesmo a medo ela faz-o, uma vez que eles parecem tão poderosos. O mais novo não tira os olhos dela, e esse é um momento que vai mudar a sua vida. No dia seguinte ele promete ajudá-la a sair do sofrimento em que vive e dar-lhe uma nova vida, e só pede uma coisa em troca, que dali a 5 anos lhe dê a oportunidade de o conhecer melhor.

Como em todas as histórias deste género temos uma mulher indefesa e um homem poderoso, só que neste caso a autora criou uma mulher que está longe dos padrões de beleza, nariz pontiagudo e queixo afiado, é considerada feia para todos exceto ao olhar de Giacomo, um homem que deixa as mulheres de queixo caído. Além disso Isabeau tem um passado marcado pelos abusos sexuais e por traumas.

A história tem um início diferente, até que haja envolvimento entre os dois demora muito tempo. E além disso não é um livro em que haja descrições sexuais em todos os capítulos, muito pelo contrário, não tem muito mais do que um romance normal, talvez sejam é mais detalhadas e mais fantasiosas.

Ouvi recentemente uma entrevista da autora e da sua editora em que comentam que a mesma foi alvo de ameaças por parte de leitoras, que acham o livro um ultraje ao feminismo, e ao bom costume. Apenas digo que isto ao lado de E.L. James, Megan Maxwell, ou uma Maya Banks (sem contar outras tantas), é uma flor, acreditem em mim.

Depois temos todos os dramas. Ex-amantes furiosas, amigas falsas, amigos que se assumem homossexuais, há um pouco de tudo e que adornam ao longo do livro a história. Nota-se que a Isabeau é muito ingénua e deixa-se facilmente enganar. Por outro lado, Giacomo é um homem de negócios, implacável, completamente apaixonado por Isabeau, e que facilmente vê a hipocrisia nos que a rodeiam.

A ação passa-se em alguns casos demasiado depressa, passa muito tempo, e é algo que espero que a autora evolua nos próximos livros.

Em suma, é um livro que se lê bem, comecei num fim de semana de miniférias na piscina, e acabei pouco depois, já no regresso ao trabalho. Acaba de forma interessante e fez-me dar umas gargalhadas, e espero pelo próximo, pois trata-se de uma trilogia. Estou curiosa para ver a evolução da história e também da escrita da autora. Este livro mostra que também se escreve literatura erótica em Portugal e que não está assim tão atrás do que se faz lá fora.

Classificação

Rating: 3.5 out of 5.

Leitura com Apoio

Sobre o Livro

SIGNOR RIDINI da Hélène White

Signor Ridini da Hélène White
(Trilogia Entre Pólvora e Veneno #1)
ISBN: 9789895472086
Edição: 02-2021
Editor: Edições Velha Lenda
Páginas: 294
Género: Romance Erótico
Onde Comprar
Wook
Bertrand
Goodreads: 4,43✯ (aqui)

Sinopse

Isabeau trabalhava num pequeníssimo e insignificante café de uma pacata zona da Provença. Numa vila rodeada por mares de púrpura, compostos por infinitas planícies de perfumada lavanda; um lugar onde a Primavera se mostrava teimosa para fenecer, ansiando pela rudeza das mãos do seu amante Verão.

Naquele lugar, os dias eram sempre iguais, a rotina comandava todos, principalmente a vida de Isabeau. Uma vida que não era mais que um inferno.

Mas tudo muda quando um Rolls-Royce se perde por aqueles caminhos e o dono da companhia aérea Ridini Airlines, o italiano Giacomo Ridini, emerge do seu interior…

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial