Eu já conhecia a Filipa Fonseca Silva, já a entrevistei aqui para o site (podes ler aqui), mas a verdade é que nunca tinha lido um livro dela. A Penguin ofereceu-se para me enviar um livro de romance, mas não me disse qual. Qual não foi o meu espanto quando vi que era “O Elevador” e que vinha autografado pela Filipa.

Todo o livro se passa no Elevador do prédio onde Alex e Sara vivem. Num dia em que se preparam para ir à festa de aniversário do pai de Alex, ficam presos no elevador. Tanto tempo fechados faz vir ao de cima algumas fissuras que já estavam há muito presentes na relação, que pode ser o final de tudo.

Vou ser sincera até uma boa parte do livro estava a ser aborrecido. Não me estava a cativar, e acima de tudo a irritar. Nem todos os livros são amor à primeira vista, muitos deles é precisamente o contrário. Depois sim a leitura começou a ficar interessante, começamos a conhecer mais do passado deles, a perceber o seu passado, as suas vivências e o porquê de serem como são.

Muito dos problemas advém do facto das pessoas não conversarem, e muitos vêm ao de cima depois de se conversar porque fica uma bola de neve com acusações de todos os lados. É isso que vemos neste livro. Durante uma noite no elevador, muito se conversa, muita coisa vem ao de cima.

Depois do choque inicial foi uma leitura agradável. Li num fim de semana de miniférias, e é um livro ideal, curtinho, leve tanto em peso como na história.

Em suma, acho que é uma boa leitura para o verão. Fala de casais, de amor, de desigualdades sociais, de relações e de sonhos.

Classificação

Rating: 3.5 out of 5.

Leitura com Apoio

Sobre o Livro

O Elevador da Filipa Fonseca Silva
ISBN: 9789897845260
Edição: 05-2022
Editor: Suma de Letras
Páginas: 184
Género: Romance
Compre
Wook
Bertrand
Goodreads: 4,09✯(aqui)

Sinopse

Numa noite quente de Verão, um casal prepara-se para ir jantar fora. Sara, contrariada, perde tempo deliberadamente. Alex, paciente, tenta não começar uma discussão. Só que, de repente, o elevador fica encravado, prendendo-os a noite inteira no seu interior.

Sem forma de saírem, Sara e Alex são obrigados a confrontar-se com o estado da sua relação, empurrados para uma conversa que de outro modo não teriam. Sairá dali o seu amor mais forte? Ou erguer-se-á um muro impossível de derrubar?

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial