Almas Perdidas do Michael Collins
ISBN: 9789896162580
Editor: Gradiva
Páginas: 396
Género: Policial
Goodreads: 3,12✯ (aqui)

Sinopse

Almas Perdidas do Michael Collins

Uma grande obra literária que é também um grande romance policial

Na noite de Halloween, numa pequena cidade do Midwest americano, dá-se uma tragédia. No meio dos habituais actos de vandalismo e das travessuras de adolescentes, um agente da polícia local descobre provas arrepiantes daquilo que parece ser um caso de atropelamento e fuga. Mas, à medida que a investigação progride e o interesse dos meios de comunicação social se intensifica, começa a desvendar-se uma história muito mais terrível. Enquanto o presidente da Câmara e o chefe da polícia conspiram para afastar as atenções do principal suspeito – um herói do desporto local que se espera conduza a cidade às finais do campeonato estadual -, cabe ao homem que descobriu o cadáver desmascarar a verdade que os outros pretendem encobrir.

O terceiro romance de Michael Collins, Os Guardiões da Verdade, foi nomeado para o Booker Prize e considerado pelo New York Times um dos melhores livros do ano em que foi publicado. Almas Perdidas vem confirmar o autor como mestre de um género que se pode designar por policial literário, empolgante e psicologicamente intenso. É o retrato angustiante de uma cidade em declínio, dos desesperados esforços dos seus líderes para a manterem de pé e de um homem cuja solidão opressiva o força a tomar decisões surpreendentes.

A Minha Opinião

Este foi um livro que os meus seguidores do instagram escolheram para eu ler através dos meus stories. Era um livro que já estava há muito tempo na estante, e ao qual eu finalmente dei uma oportunidade.

Passado nos Estados Unidos da América nos anos 80, o livro inicia-se numa noite de Halloween, onde uma criança aparece morta depois de um carro lhe passar por cima. O inspetor que fica com o caso é incentivado pelo superior e pelo Presidente da Câmara a abafar o caso pois o principal suspeito é um promissor jovem jogador de futebol americano. Só que depois de compactuar com os superiores ele continua a investigar para tentar descobrir o porquê de tanto interesse em abafar o caso.

Era um livro que tinha tudo para ser um bom livro, tem uma boa premissa, deixa o leitor com vontade de ler, mas a verdade é que ela vai desaparecendo com a leitura.

O Inspetor, Lawrence, tem a vida numa desgraça. É divorciado, não tem dinheiro e por isso não paga a pensão de alimentos do filho e consequentemente não o vê. Isso consome-o o livro inteiro, e para quem está interessado no crime e acaba por se esfumar. Contudo para quem gosta de livros deste género com o principal foco na personagem principal irá certamente gostar deste livro.

Quanto à resolução do caso confesso que me surpreendeu, mas nem isso deu para chegar às 3 estrelas. Porque de todas as opções que tinha equacionado a verdade é que nunca me tinha passado aquela pela cabeça. Valeu uns pontinhos pelo esforço.

Em suma, não foi um livro que me encheu as medidas, principalmente por eu ser uma leitora que pouco gosta de palha, mas pelo lado positivo, mais um livro da TBR lido. Como disse acima, se gostarem de livros que foquem na personagem principal e nos seus dramas, vão gostar deste livro.

Classificação

Rating: 2.5 out of 5.

Edições Pelo Mundo Fora

P.S: Este post contém links de afiliados. Para saber mais sobre clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial